Oito perguntas a…

Claudia Schwarz, gerente da Agência de Turismo Reno Romântico

Estou visitando este Patrimônio Mundial: o que não devo deixar de fazer?

Imperdível é um passeio de navio no Reno, de Koblenz até Bingen ou Rüdesheim, que permite apreciar este Patrimônio Mundial de camarote.

Do que você mais gosta aqui?

Esta paisagem pitoresca, as encostas das montanhas, os castelos, o curso do rio. Tudo isso se pode curtir com bastante intensidade também caminhando pelas trilhas Rheinsteig e Rheinburgenweg.

Você tem alguma dica especial?

Um passeio de bicicleta com uma pausa em Trechtingshausen, na praia de areia junto ao Reno.

O que mais a impressionou na sua primeira visita?

Anoitecer no Vale do Reno.

Qual é a época do ano mais bonita?

Os meses de maio e junho são os mais lindos, pois é quando o Vale do Reno se apresenta com um verde especialmente intenso.

O que mais devo visitar aqui?

Os nossos castelos.

Visitar patrimônios dá fome. Que especialidade regional não posso deixar de experimentar?

Queijo de cabra quente com compota de maçã e pera.

E qual patrimônio da humanidade você gostaria de visitar?

Já conheço muitos patrimônios mundiais alemães, mas ainda não conheço o Parque de Muskau e os jardins de Dessau-Wörlitz. Ainda quero ir lá.

Claudia Schwarz

é natural desta região, onde passou a maior parte de sua vida.

Desde 2009, ela trabalha em St. Goarshausen, onde fica o famoso penhasco Loreley. Ali ela é responsável pelo turismo.

 

Bingen

65 km

Koblenz

97 km

Brühl

20 km

Colônia

71 km

Aachen

128 km

Essen