Oito perguntas a…

Serena L'hoest, tradutora e pedagoga especializada em monumentos

Estou visitando o Patrimônio Mundial Essen: o que não devo deixar de fazer?

É imprescindível fazer uma visita guiada pela mina Zollverein. Assim você pode aprender tudo sobre a arquitetura, aspectos sociais ou detalhes industriais da mina e da fábrica de coque. Nós explicamos este Patrimônio Mundial a especialistas e leigos, mostrando máquinas originais, utilizando modelos e instalações multimídia, tendo naturalmente como base a própria mina. Temos uma oferta variada de visitas guiadas e oferecemos ainda a possibilidade de festejar aqui um aniversário de criança.

Do que você mais gosta aqui?

Da imensa diversidade de equipamentos industriais históricos, da arte e arquitetura sensacionais, dos eventos culturais e da natureza no Parque Zollverein.

Você tem alguma dica especial?

Eu acho muito interessante visitar a fantástica instalação "Palace of Projects", dos artistas Ilya e Emilia Kabakov na fábrica de coque.

O que mais a impressionou na sua primeira visita?

A linda estrutura metálica do poço de extração número 12, um ícone na região, foi um projetada pelos arquitetos Fritz Schupp e Martin Kremmer.

Qual é a época do ano mais bonita?

Tenho dicas para cada estação do ano: no verão, a vista panorâmica do telhado do edifício de lavagem do carvão é magnífica. No outono, os pequenos bosques formados nos antigos montes de resíduos se transformam com as esculturas de Ulrich Rückriem em florestas encantadas. No inverno recomendo naturalmente a pista de patinação no gelo dentro das instalações da mina e, na primavera, vale a pena desfrutar o renascimento da natureza nesta área industrial num longo passeio pelos arredores.

O que mais devo visitar aqui?

O Museu Ruhr, localizado no antigo no poço 12, informa de forma abrangente e genial sobre a história natural e cultural da região. Só neste museu se pode passar um dia inteiro.

Visitar patrimônios dá fome. Que especialidade regional não posso deixar de experimentar?

Uma porção caprichada de batata frita. Para os mais exigentes, a cantina e a cafeteria da mina oferecem também pratos regionais.

E qual patrimônio da humanidade você gostaria de visitar?

A ilha Hashima, no Japão, onde durante muitos anos se extraiu carvão. A ilha ainda não é patrimônio mundial, mas já está na lista de sugestões.

Serena L'hoest

é da região do Vale do Ruhr.

Nasceu e cresceu em Essen, cursou Psicologia na Universidade de Bochum e posteriormente em Paris. Atualmente vive em Essen e trabalha como tradutora e pedagoga especializada em monumentos. Uma de suas especialidades é realizar visitas guiadas em francês para arquitetos e urbanistas que desejam se informar em Essen e na região do Ruhr sobre as consequências do processo de desindustrialização e as mudanças estruturais ocorridas nas grandes áreas metropolitanas alemãs.

 

Bingen

65 km

Koblenz

97 km

Brühl

20 km

Colônia

71 km

Aachen

128 km

Essen